23 de janeiro de 2021

2021 com muita fé!

Nada melhor que uma vitória para começar o ano. Ainda mais quando é a terceira seguida. No Rio de Janeiro, o Athletico derrotou o Botafogo e colocou mais três pontos na bagagem. Agora, são 37 somados e a esperança de Libertadores ainda viva!

Nesta quarta-feira (6), o Furacão teve uma atuação segura no Estádio Nilton Santos. Kayzer abriu no primeiro tempo e Cittadini liquidou a fatura no comecinho do segundo. E no final, quando o time da casa partiu para cima no desespero, Santos garantiu a vitória.

O Rubro-Negro teve duas boas chances de abrir o placar logo no começo da partida. Em cruzamento de Nikão, Thiago Heleno cabeceou para fora, aos 10’. Dois minutos depois, Christian bateu escanteio, Richard desviou e Kayzer quase marcou de cabeça.

Mas o gol só sairia aos 30’. Nikão acionou Carlos Eduardo pela direita. Ele avançou e cruzou rasteiro para Renato Kayzer bater de primeira e estufar a rede! 1 a 0!

O Botafogo desperdiçou boas oportunidades no final da primeira etapa. Mas quando o time da casa tentava se arrumar para buscar uma reação, o Furacão chegou ao segundo, logo aos 3’ do segundo tempo.

A jogada começou com Léo Cittadini pelo meio. Ele tocou para Kayzer na direita e avançou. O centroavante cruzou, a bola desviou e encontrou Citta, que estava chegando na área e tocou para o barbante: 2 a 0!

Ao time da casa só restava partir com tudo para o ataque. Mas a tentativa de buscar uma reviravolta aconteceu de forma desorganizada. Melhor para a defesa rubro-negra, que anulou a maioria das investidas.

O Athletico teve mais uma chance aos 39’, com Reinaldo, mas o goleiro impediu a finalização. E já no final, quando o Botafogo finalmente conseguiu chegar com perigo, Santos manteve a baliza invicta com três grandes defesas.

Da sequência de quatro adversários que estão na parte de baixo da tabela, três já se passaram com vitórias. Resta o último colocado do Brasileirão. O Coritiba, em mais uma luta desesperada, será o adversário do próximo sábado (9), no Couto Pereira.