23 de janeiro de 2021

Furacão em ascensão!

O Athletico entrou em campo com duas alterações em relação ao jogo contra o Atlético Mineiro. Wellington e Léo Cittadini entraram nos lugares de Richard, suspenso, e Fernando Canesin, diagnosticado com COVID-19.

O Santos também entrou em campo com alterações, com titulares poupados pelo técnico Cuca.

O Athletico demonstrou uma boa evolução tática e técnica na partida de hoje (21). O Furacão propôs o jogo, teve volume, pressionou, foi para cima do adversário.

Logo no primeiro minuto, Nikão cobrou um escanteio com perigo, Pedro Henrique cabeceou e a zaga adversária afastou a bola. 

O goleiro Santos também teve uma boa atuação. E a primeira bela defesa foi com a cabeça, aos 12 minutos, quando Arthur Gomes chutou a bola alta.

Mas o Athletico sofreu uma baixa aos 23 minutos. Christian teve de ser substituído por ter se machucado em lance aos 17’. Fabinho entrou, colocando o Athletico mais para o ataque.

A melhor jogada do Athletico foi aos 26 minutos. No meio, Nikão abriu para Fabinho, que cruzou para a área. Renato Kayzer entrou de carrinho, mas faltou pouco para o atacante alcançar a bola para marcar o gol.

O Athletico continuou dominando o Santos no segundo tempo. Logo aos oito minutos, Kayzer cobrou falta, a bola desviou na barreira e Erick apareceu para desviar por cima. Quase gol rubro-negro!

O goleiro Santos continuou brilhando. Aos 13 minutos, Arthur Gomes começou uma jogada na esquerda, foi para o meio e chutou, mas Santos fez a defesa em dois tempos, dando a segurança para a defesa athleticana.

Aos 17 minutos, Paulo Autuori promoveu mais duas alterações no Athletico. Alvarado entrou no lugar de Wellington e Ravanelli no lugar de Reinaldo.

E, aos 29 minutos, brilhou a estrela do general Thiago Heleno.

Ravanelli cobrou escanteio e o capitão athleticano subiu e cabeceou para baixo com categoria. A bola entrou para abrir o placar para o Furacão. 1 a 0!

O Athletico ainda teve mais uma boa chance com Fabinho e mais duas substituições. Nikão e Renato Kayzer saíram, e Aguilar e Bissoli entraram. Mas a partida já estava decidida. Vitória do Furacão!

Na próxima terça-feira (24), o Athletico enfrentará o River Plate pela CONMEBOL Libertadores, às 19h15, no Estádio Joaquim Américo.