19 de janeiro de 2021

Greca reúne secretários para tratar da nova gestão

Após a cerimônia simbólica para marcar o início do novo mandato, o prefeito Rafael Greca se reuniu com o vice-prefeito Eduardo Pimentel e com os secretários municipais no Palácio Solar 29 de Março, no primeiro encontro de trabalho de sua nova gestão, nesta segunda-feira (4/1). “Que tenhamos o melhor desempenho possível para o bem de Curitiba”, disse Greca ao abrir a reunião. 

Preocupado com as consequências da pandemia, principalmente neste período pós festas de fim de ano, Greca solicitou o acompanhamento da secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, das tratativas relacionadas à vacinação contra o novo coronavírus.

“Com ansiedade extrema aguardamos a chegada da vacina ainda a ser autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), seja ela qual for. Temos que libertar a cidade e o Brasil dessa praga. Vamos estudar e propor o quanto antes um pacto nacional estratégico de imunização inteligente, ético e justo”, apontou Greca. 

Para não incentivar aglomerações, fator que propicia a disseminação do vírus, o prefeito também confirmou o cancelamento do Carnaval 2021, que deveria acontecer entre 13 e 16 de fevereiro e contaria com desfile das escolas de samba e as festas promovidas por blocos carnavalescos. O plano é promover apresentações virtuais, via internet. “As aglomerações são fatais. Temos a obrigação de evitá-las para barrar o avanço da covid-19”, disse Greca.

Outra preocupação do prefeito é com o início do ano letivo, marcado para depois do Carnaval. De acordo com a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, o plano é manter as salas de aula com metade da ocupação. Os estudantes irão se revezar entre uma semana e outra, ou seja, quando parte da turma estiver na escola, a outra metade estará acompanhando a classe de casa, por meio das videoaulas. A opção de encaminhar os estudantes para a escola será sempre dos pais ou responsáveis.   

O secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, expôs a situação dos serviços que estão em andamento, principalmente com respeito à construção da trincheira da Rua General Mário Tourinho e do Terminal Tatuquara e às intervenções no trecho norte da Linha Verde. Afetadas pela pandemia do novo coronavírus, que provocou o afastamento de profissionais que pertencem ao grupo de risco e prejudicou a oferta de insumos, como é o caso do aço, os trabalhos na trincheira e no terminal seguirão até este primeiro trimestre. 

Já, as obras da Linha Verde contam com avanços e há trabalho em três lotes, entre o viaduto sobre a Avenida Victor Ferreira do Amaral e o Hospital Vita, a trincheira que liga as ruas Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, e Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, e entre o Conjunto Solar e o Atuba está se erguendo um novo complexo viário, composto por trincheira e viadutos. As obras devem ser concluídas entre o fim de 2021 e o início de 2022.        

Todos os secretários presentes na reunião também expuseram planos e ações em andamento de suas pastas e receberam orientações do prefeito Rafael Greca. “Temos grandes desafios adiante que jamais serão maiores que a nossa vontade e capacidade de superá-los”, concluiu Greca.