25 de fevereiro de 2021

Sem alegria em Salvador

O adversário manteve sua proposta de jogo durante os 90 minutos. Esperava o Athletico no campo de defesa e tentava aproveitar os contra-golpes. O Furacão trocava passes, tinha a posse de bola, mas não conseguia passar pela marcação adversária.

No primeiro tempo, a melhor chance athleticana aconteceu em um chute de Christian de fora da área. Vitinho ainda conseguiu finalizar duas vezes, mas sem levar perigo ao goleiro tricolor. O Bahia só chegou no comecinho do jogo, mas parou em Santos.

Quase nada mudou na segunda etapa. Carlos Eduardo, em um chute cruzado, fez o goleiro trabalhar.

Mas aos 19’, a aposta baiana deu resultado. Rossi recebeu lançamento, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Thiago, que empurrou para a rede de carrinho.

Nos últimos minutos, o Furacão tentou pressionar com as entradas de Bissoli, Kayzer, Reinaldo e Bruno Leite. Mas o Bahia conseguiu se fechar e impedir as investidas rubro-negras, garantindo a vitória.

Agora, o Athletico se prepara para enfrentar o Flamengo, no próximo domingo (24). O jogo será às 16h, no Joaquim Américo.